Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Em ofício a Bolsonaro, senadores e deputados, Ledinho Curtarelli sugere penas mais rígidas a criminosos; e defende entrada de jovens a partir dos 14 anos no mercado de trabalho

Publicado em 20/05/2020 às 15:53 - Atualizado em 20/05/2020 às 15:53

O vereador Ledinho Curtarelli (MDB) sugeriu nesta terça-feira (19), durante a sessão ordinária virtual da Câmara de Vereadores de Xaxim, o endurecimento das penas a presos no país e a redução na idade mínima para início da vida profissional. Com o apoio da Casa, Ledinho enviará o pedido ao Governo Federal; ao presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre; e ao presidente da Câmara dos Deputados Federais, Rodrigo Maia, solicitando alterações nos Códigos Penal e de Processo Penal Brasileiro.

Conforme Ledinho, “a iniciativa tem o intuito de manter a ordem, a integridade e a segurança da população, que clama pelo combate à criminalidade, em relação aos presos ou condenados que apresentem alto risco para a sociedade devido aos crimes que praticaram. Por isso, sugerimos que seja estabelecido um regime disciplinar mais rígido. Em situações específicas, pedimos o cumprimento integral em regime fechado, sem determinados benefícios, como é o caso das saídas temporárias dos presos em datas comemorativas, onde muitos retomam a prática criminosa e outros tantos sequer retornam à prisão, o que deixa o cidadão de bem ainda mais vulnerável”.

Neste pedido, o vereador também sugere a possibilidade de ser revista a situação do trabalho para os menores de 18 anos. “Defendo a ideia que os jovens a partir dos 14 anos possam trabalhar e ter seu tempo cada vez mais aproveitado, além de ajudar na construção de seu futuro e de nossa sociedade”, concluiu Ledinho.


Parlamentares Relacionados